Um galego no Império Pequeno

Além da linha inimiga

May 25th, 2006 at 1:03 pm

Ideias para reactivar o rural galego

Na Galiza há infinidade de pequenos núcleos que forom perdendo populaçom e onde a pouca que queda é já velha. Há catalogadas mais de 200 aldeias já abandonadas.

Para remediar isto é preciso um projecto global (tipo da rede de aldeias com encanto d’O Couto).

Poderiam-se levar a cabo campanhas de sensibilizaçom dirigidas á protecçom do património arquitectónico.

As intervençons deveriam ir enfocadas cara a creaçom de emprego, mas tamém ao aproveitamento turístico das aldeias. Neste senso, algumas propostas som a reabilitaçom das construcções mais emblemáticas como alojamentos ou restaurantes nos que degustar os productos típicos da zona, a organizaçom de visitas didácticas durante as épocas de menos afluência, a recuperaçom dos velhos caminhos para organizar roteiros de sendeirismo, etc.

A captaçom da mozidade é fundamental. Nestes tempos preve-se um auge dos produtos ecológicos, e neste ámbito Galiza pode ser pioneira. A creaçom de cooperativas facilitaria a incorporaçom da mulher e permitiria desenvolver um mercado tanto de produtos tradicionais como de outros menos explotados (caracois, algas…), e incluso de trabalhos artesans.

Quase todas as aldeias galegas reunem as condiciões necesárias para poder desenvolver um projecto de estas características, no que tamém haveria que incluir o aproveitamento do património histórico–artístico e dos recursos naturais desde um punto de vista tanto cultural coma lúdico.

-
1