Um galego no Império Pequeno

Além da linha inimiga

March 10th, 2008 at 4:27 pm

Analise das eleições e um caminho a seguir

in: Opiniom

Mais que a esmagadora vitoria do PSOE preocupa-me a esmagadora vitoria do bipartidismo PPSOE. Todo foi segundo o previsto, com importante retrocesso de forças nacionalistas e independentistas e Esquerda Unida, tal vez pelo “voto útil” que foi parar ao PSOE.

Toda a campanha foi programada para impulsar o “sistema de dous partidos”, claramente discriminatória e chegando a ser antidemocrática.

A única leitura possitiva foi que o BNG mantem os seus 2 escanos.

É claro que necessitamos umha força independentista na Galiza que repressente ao povo trabalhador do país, contamos com Nós-UP e a FPG, que nom acudiam a estes comícios. Mas no caso de se apresentarem… qual é a estratégia a seguir?
Dado o actual sistema seria muito benéfico apresentarem-se juntas numha coaligaçom, deixar a um lado as diferenças e centrar-se no que nos une.
Mas isto nom é suficiente, compre umha forte campanha de “marketing”. Se nom te conhecem nom te votam, isso é claro.

Galiza is Not Spain

Actualmente os partidos já nom som partidos políticos, som empresas; e como empresas vendem um produto, umha imagem. Nom queremos convertir Nós-UP num PSOE, nem num BNG, mas si há que fazer-se ver. Estar no dia a dia da gente, implicar-se ao máximo, apartar um pouco (mas nom muito ;)) a “revoluçom” e fazer pais aos poucos desde abaixo.

E fazer-se ver em tudo momento: nas nossas conversas, empapelando as cidades, com artigos em todos os meios, criando os nossos próprios meios, regalando isqueiros ou pins, filiando-nos.

Ainda temos algo de tempo, mas há que começar hoje mesmo.

Tags: , , ,
-

Comments are closed.