Um galego no Império Pequeno

Além da linha inimiga

February 8th, 2010 at 10:23 am

Sem luzes

Ao chegar hoje ao trabalho nom havia luz, nem eléctrica nem mental. As cousas nom vam bem por aqui e nom é pela crise nem por causa dumha mala gestom ainda que antes parecia o contrário, todo fai parte dum plano para fechar a empresa e que tudo o negócio passe a outra paralela criado pelos directivos desta. E com tudo… eis os donos da empresa? eis o comité dos trabalhadores? Já nom entendo rem.

Ao final o de sempre, 69 trabalhadores (por agora) à rúa e 4 tipos a ficar com tudo, viva o capitalismo.

-

Comments are closed.