Um galego no Império Pequeno

Além da linha inimiga

October 13th, 2010 at 2:05 pm

Sniper

Chamo-lhe Sniper porque é fão das armas de fogo e colecciona réplicas destas, além disso e bastante simples de pensamento.

Sniper é um adolescente com canas, encerrado no corpo dum adulto. As frases mais habituais do Sniper são:

– Quanto mais fodo mais quero foder
– Tenho que comprar Control porque os Durex nom me entram.

Para mim é um claro exemplar do que o sistema actual está a criar, com todo o que isso implica, Sniper é de extrema direita e nom o sabe:

– O catalão é um dialecto, porque se for um idioma eu falaria-o. (Ainda lhe sigo dando voltas e nom são quem de entender esta afirmaçom)
– Pois nom, nom gosto do futebol mas é que joga Espanha!

Sniper é tam conservador que trabalha desenvolvendo em Cobol, umha tecnologia com muito futuro segundo ele e pensa retirar-se programando em Cobol, reciclar-se? Preparar um plano alternativo? Para que? Quando o PP ganhe as eleições já poderá dormir tranquilo.

Tags:
-
1